ORQUESTRA FILARMÔNICA SANTO AMARO

ORQUESTRA FILARMÔNICA SANTO AMARO, fundada em 2004 pela maestrina Silvia Luisada, iniciou como um projeto sociocultural que rendeu frutos no desenvolvimento técnico e artístico de seus músicos. Transformou-se em um grupo eclético que interpreta diferentes períodos da música erudita e popular com paixão e precisão, convidando o público de seus concertos a uma viagem pelos variados estilos musicais. Em residência artística no Teatro Paulo Eiró desde fevereiro de 2017, apresenta sua temporada mensal, sempre no último domingo do Mês.

Regência e Direção Artística: Silvia Luisada.

Primeiros Violinos: Spalla - John Wang, Dagson Josué Alves da Silva, Isabelle Lima da Conceição, Joás da Silva Sousa, Julio Guisani Sabo, Luciana do Amaral Meirinho, Samir  Alves Neves, Saulo Rodrigues Santos.


Segundos Violinos: Humberto Ferreira, Rubens Silva, William Cruz Costa, Neusa Maria Cavalaro, Dayane Akamini, Filipe Ferreira de Souza
Violas: Thiago Costa Santos, Fernando José Roveran, Gabriel Antony Cruz, Monica Camasmie Dib.
Violoncelos: Alexandre Bracco, Caio Guizani Sabo, Eber Martins dos Santos, Hector Fellipe da Silva Ramos, Luiz Roberto Bertonha Filho.
Contrabaixos:  Gustavo Montanari, Luiz Fernando de Oliveira Neto, Matheus Costa Barboza
Flautas: Elza Gonçalves de Oliveira Santos, Vivian Navarro dos Santos, Zilda de Souza Miura, Carlos Henrique Tanasi (piccolo)
Oboés:  Eliel Rodrigues.
Clarinetes: Graziele Lima da Conceição, Jonatas Ramos Vieira
Clarones: Dwight Eisenhower dos Reis Veloso Jr., Marcos Tavares Jr.
Eufonios: Ezequias Pereira de Souza
Trompetes: Danilo Araujo Bastos, Palloma Stefanie Alves de Lima
Trombones:  André Canato, Felipe Silva Basilio
Tuba: Henrique Calheiro da Paixão.
Piano: Denise Peloia Imre.
Percussão: Igor Aparecido, Rafael Furtunato, Rodrigo Manuel.

 

Equipe Ofisa:
Arquivista: Geovanna Santos Leal.
Montador: Severino José
Fotografia: Marilda Cremasco.
Filmagem: Milton de Paula Santos
Imagens: Felipe Pires Soares.
Iluminação e Sonorização: Rodrigo Souza.
Apoio na produção: Alexandre Ribeiro, Luiza Guerreiro, Felipe Pires Soares, Henrique Calheiro da Paixão.
Artista Plástico: Fernando Roveran – artista que faz os quadros sorteados para a plateia, no final dos concertos.

 

Teatro Paulo Eiró: Monalisa Vasconcelos (Coordenação)